,

Não, não vai ficar tudo bem amanhã

01:04


Sempre odiei frases prontas. Aquele “Como você está?” sem a intenção de saber a real resposta, aquele “Eu te amo” sem a intenção de ficar. Sempre odiei aquele “vai ficar tudo bem” descarado depois de um vendaval de acontecimentos ruins, sempre, pra tudo. Não é questão de pessimismo, ou falta de simpatia, eu juro! É que nem sempre as coisas se consertam da noite pro dia, algumas coisas nem jeito tem...

Eu agradeço o seu abraço, o seu “conta comigo”, o seu simples ficar quando o que eu mais preciso é de colo, de companhia... Só não me diga que vai ficar tudo bem amanhã quando o meu coração está em pedaços, não me diga que nem é “tudo isso” pra eu me preocupar assim. Não me diga que vai ficar tudo bem se isso não for o seu desejo mais sincero. A tristeza também tem sua beleza, a dor também costuma ensinar. E muito.

“O problema da dor é que ela precisa ser sentida”, li em um livro uma vez. Então me deixe aqui no meu canto de vez em quando pra pensar nas idiotices que me fizeram e nas idiotices que eu fiz também. Alguma hora no meio dessa turbulência de sentimentos eu vou coar toda essa agonia e fazer um café, e vou me sentir melhor. E não vai ser amanhã. Pode ser bem depois de amanhã, ou depois, ou depois... Posso nem perceber quando.

Você poderá gostar também de:

2 comentários

  1. Oi Jessica,
    Que texto maravilhoso, to com vontade de colar na testa pra todo mundo ler também
    Sou do tipo que até um bom dia no dia errado pode incomodar, então o texto fala muito de mim
    Beijo
    http://os-jovens-leitores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Instagram Jéssica

Comentários Recentes